quinta-feira, março 5

teorema

Desenho,
(sem calculo e sem geometrias)

um teorema-de-estrelas-carmim,
entre o voo das águias,
Pinto-o em linhas de alma,
(quase rios,
quase águas)

e fluo em labirintos-de-mim,
(como quem bebe as sombras da noite,
embriagado de luz)

1 comentário:

© Piedade Araújo Sol disse...

gostei!

poesia pura. muito ao teu estilo.

beij