quarta-feira, fevereiro 1

aparição

Apareceu-me o "tempo"...
Assim,
de um nada,
ali estava à minha frente,

(intrusivo,
persistente...)

Parei
a olhá-lo em silêncio,
permitindo-lhe que preenchesse por inteiro a ausência...

Respirei-O lentamente,
como quem degusta aguardente velha
quente,

a evaporar memórias

Sem comentários: