terça-feira, julho 17

entre vazios ( mascaras?)

Expludo na incoerência de-me-ser-muitos e de me sentir semente-de-vazios. (Só o arame do equilibrista-palhaço me alinhava o ir e eu finjo acreditar que me olho no horizonte...)

Sem comentários: