sábado, fevereiro 9

desenho?

Escrevo,
o teu seio
(sem desenho, traço ou cor…)

estilhaçado nos sentidos,
perdido na teia que tece o desejo,
( dor?)

é tudo o que me sobeja
do teu seio
que escrevo no silêncio de um beijo…

Sem comentários: