terça-feira, abril 8

preencher vazios

Percorro-me com a lentidão dos passos e dos olhos, e vejo cada um de mim,
fragmentos inteiros de cor...
Reflexos brancos,
Vazios…

É o sorriso
(de me saber cada um)
que me desenha a sombra…

5 comentários:

Ana Luar disse...

Um sorriso que não aceita vazios.

Beijos

jeremias disse...

ana luar: sentir o vazio é um estado puro da serenidade, pois no vazio, nada transborda, nada se perde, tudo é absorvido. saber gerir os nossos vazios, é como preencher uma tela branca de mil cores...

Anónimo disse...

a sombra desenhada pelo sorriso...

gostei dessa!

In Manual das sombras nos sorrisos!

Ups

jeremias disse...

anónimo : ups? esse manual não é meu eheheheh

Anónimo disse...

não...é meu, eu gosto de inventar manuais.

ups