quinta-feira, agosto 21

em tons de rosa.sangue

Um vazio cor de nada abraçou.me, quebrou.me em estilhaços de sal.
Olho o mar,
pastor de ondas e de estrelas sem cor.
Arvore de dor, que me enlaça,
.
.
.
.
.
.
.
incolor...

1 comentário:

Menina_marota disse...

"...Olho o mar,
pastor de ondas e de estrelas sem cor.
Arvore de dor, que me enlaça,..."
.
.
.

Deixa que o olhar te leve o coração onde queres ficar...mas no colorido que a Vida oferece...

Bj