sexta-feira, fevereiro 19

Nela

Não é homenagem, nem tão pouco recordação, é apenas um desabafo de quem te viu partir, no sossego de uma respiração e no desassossego de todos nós…
Foste ( com toda gravidade do ir...)
Ficou o teu olhar e a tua voz,,,ambos meigos (mesmo quando zangados…).
Talvez a memória, que é traiçoeira esqueça o que eles diziam, mas a ternura com que eles sempre nos abraçaram, essa ficará gravada na alma de cada um que teve a sorte de te cruzar o olhar.
Um beijo

2 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

pode ser homenagem, pode ser tudo o que quiseres que seja.

e a ternura ficará, mesmo que seja só na memoria.

um beij

Menina Marota disse...

Ver alguém partir, deixa o doer no olhar...
Beijo.