domingo, março 30

palavras

Procuro no fim da linha, embaraço de novelo,
fino,(de palavras),
procuro o caminho, (das palavras).
Uma que seja.
Só .
Como naufrago. 
Não para ter história, Mas para contar a tempestade do vazio, (nas palavras ).
solitárias,
que polvilham na multidão das águas, (das lágrimas)!
Não me vejo, ( palavra) .
Escondido no universo cego das cores que bebo sedento de mim, 
no escuro do mundo.

São porta sem chave. (as palavras).
Não minhas.

Tuas!

Sem comentários: