sábado, janeiro 28

Entre gotas de névoas

As mãos da chuva pegaram-me no silêncio,
Afagaram-no em suspiros de sombras,de névoas  e de sonhos
e elevaram-o aos céus,
para que ele pudesse chorar
e fundir-se no Mar...

domingo, janeiro 15

sem titulo, porque não lhe cabe


Nada do que digo, 
escrevo, 
faço, 
sinto ou penso é definitivo, 
são simplesmente sementes...