quinta-feira, novembro 15

alem da pele…( amor?)


Na ponta dos meus dedos estás tu, ( abraçada?) a respirar silêncios e sonhos.
Percorro as fronteiras de ti ( na fantasia do desfim) , linha difusa de um olhar que me deseja e de um corpo que me toca para lá da pele e de mim…

Sem comentários: